Como escolher o seguro automóvel

Como escolher o seguro automóvel

maio 17, 2021 0 Por eduardo

Escolher a apólice de seguro automóvel certa é um ato de equilíbrio que muitas vezes se resume a necessidades e preferências versus custos. Como você escolhe a melhor apólice de seguro de automóveis para suas necessidades específicas? Isso é possível se você seguir algumas etapas simples, incluindo determinar a cobertura adequada para sua situação, uma franquia administrável e uma operadora com a qual você possa trabalhar. Aqui está o que você precisa saber.

Por que você precisa de seguro automóvel?

Embora pareça uma questão óbvia, saber por que você precisa de seguro automóvel ajuda a compreender seus objetivos ao comprar uma apólice de seguro automóvel. O seguro de automóveis consiste em muitas partes móveis, portanto, saber o que você gostaria de obter com a barganha é um ponto importante para começar. Aqui estão algumas coisas a considerar:

  • Você precisa de seguro para dirigir legalmente. A maioria dos estados exige pelo menos um nível mínimo de cobertura de responsabilidade.
  • Você deseja cumprir sua responsabilidade financeira se sofrer um acidente. Se você causar danos ou ferimentos, poderá ser responsabilizado por dezenas ou até centenas de milhares de dólares em reparos ou tratamento médico.
Fonte de reprodução: Getty imagens
  • Você deseja garantir que tem um carro seguro para dirigir. Muitos contratempos podem acontecer ao seu carro – acidentes, tornados, roubos. O seguro pode ajudá-lo a recuperar essas perdas e reparar ou substituir seu veículo.
  • Você quer proteger sua saúde financeira. O seguro trata de mitigar riscos. Se você não conseguir substituir um veículo destruído ou tiver dificuldades para pagar pelos danos causados ​​em um acidente grave, o seguro pode ajudá-lo a preencher essas lacunas sem arruinar suas finanças.
  • Você quer dormir profundamente. São 3 da manhã e o vento está uivando. No início do dia, você viu o guarda-chuva do pátio do seu vizinho caindo na rua, atingindo vários carros estacionados ao longo do caminho. Você volta a dormir ou fica acordado pensando em todas as maneiras como sua vida seria destruída se seu para-brisa se espatifasse durante a noite? O seguro não elimina a ansiedade, mas pode fazer com que alguns dos pequenos desastres da vida pareçam mais administráveis.
Fonte de reprodução: Getty imagens

Que tipos de seguro automóvel existem?

Descobrir quanto seguro de carro você precisa começará com a compreensão dos tipos de coberturas que compõem a maioria das apólices. Embora o seguro de carro inclua uma variedade de opções, os cinco principais tipos a serem considerados pela maioria dos motoristas são responsabilidade, colisão, motorista abrangente, sem seguro / com seguro insuficiente e proteção médica ou contra danos pessoais.

  • O seguro de responsabilidade ajuda a cobrir os custos de ferimentos pessoais ou danos a terceiros quando você for legalmente responsável por um acidente.
  • A cobertura de colisão se aplica a danos causados ​​ao seu veículo em um acidente.
  • A cobertura abrangente é para danos ao seu veículo que não sejam causados ​​por um acidente. Os exemplos incluem roubo ou danos causados ​​pelo clima.
  • Cobertura de motorista sem seguro ou com seguro insuficiente – geralmente vendida em conjunto – ajuda a custear o custo de um acidente quando o outro motorista não tem seguro ou tem pouca cobertura.
  • A cobertura médica ou proteção contra ferimentos pessoais pode ajudar a cobrir o custo dos cuidados médicos e, em alguns casos, a recuperação para você e seus passageiros.

A cobertura de responsabilidades é a espinha dorsal de qualquer apólice de seguro de automóveis; os outros tipos de cobertura são essencialmente opcionais. Uma exceção é se você ainda estiver pagando um empréstimo de carro ou se estiver alugando seu veículo no momento. Nesses casos, o titular da garantia provavelmente exigirá que você carregue uma cobertura abrangente e de colisão, além da responsabilidade.

Sua seguradora também pode oferecer uma série de coberturas adicionais: assistência em viagem, quebra de vidros ou seguro contra falhas para cobrir a diferença entre o valor atual do seu carro e os custos de substituição, para citar alguns. Esses complementos de cobertura podem ou não ser práticos para você e são totalmente opcionais.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Como escolher a cobertura e definir franquias

Sua melhor política estabelece um equilíbrio entre cobertura suficiente e custos gerenciáveis. Ao contemplar coberturas e franquias, tente pensar primeiro em seus recursos financeiros. Mais ativos podem significar que você deve ter mais cobertura de responsabilidade: você não quer colocar seus ativos em risco escolhendo pouca cobertura e excedendo seus limites de cobertura no caso de um acidente.

FONTE: https://www.r7.com